O mito da reação vagal na indução de choque
hipnose clássica, Mitos da hipnose

O mito da reação vagal na indução de choque

Hoje vou falar sobre o mito da reação vagal na indução de choque.

Se você já estuda hipnose há algum tempo, eu tenho certeza que você já escutou que a indução de choque acontece por causa da reação vagal, né?

Isso é repassado de cursos em cursos só “porque sim”, sem a menor comprovação, e foi se tornando “verdade” no mundo da hipnose ao longo do tempo, igualzinho a história de cortar a cabeça do peixe!

A verdade é que essa tal de reação vagal tem zero influência sobre o sucesso da indução. Absolutamente, a reação vagal não influencia na indução de choque. Até porque o que faz a pessoa “entrar no estado de hipnose” não é a reação vagal e sim a expectativa causada pelo ritual.

Afinal, o que é uma indução?

O que é preciso entender é que a indução é apenas um ritual (passo a passo) que tem basicamente dois objetivos:

  • Aumentar a expectativa da pessoa: por todas as coisas que o hipnólogo faz e pede para a pessoa fazer (ritual) e pelas coisas que o hipnólogo fala, a pessoa imagina que alguma coisa mágica vai acontecer a partir daquele momento. Ela não sabe exatamente o que vai acontecer, mas ela acha que vai para “Nárnia”, acha que vai apagar ou então que vai entrar “mais fundo” em hipnose.
  • Dar sugestões de relaxamento: não é preciso de relaxamento para a hipnose acontecer. Mas nós damos sugestões de relaxamento por dois motivos:
    • Crença: muitas pessoas tem a crença que precisam estar de olhos fechados e relaxadas para a hipnose acontecer. Então nós usamos isso a nosso favor.
    • Ler as respostas verbais e não verbais da pessoa: se a pessoa não aceita uma sugestão que é boa pra ela (relaxar) então provavelmente alguma coisa está acontecendo que talvez faça ela não aceitar as outras sugestões como, por exemplo, medo, entendimento errado do processo, vontade de te desafiar, etc.

Inclusive, esse susto pode até atrapalhar a pessoa, fazendo ela ficar nervosa, se desconcentrar ou dar risada.

Se a reação vagal é mito, por que as pessoas “apagam”?

Mas talvez você pense “ah, mas eu vi em alguns vídeos que as pessoas apagam quando recebem uma indução de choque”.

Sim, apagam. Só que por um desses dois motivos:

  • Se a pessoa for sonambúlica ou estiver muito engajada, qualquer indução que o hipnólogo faça vai ser suficiente para pessoa apagar.
  • Muitos youtubers fazem só a reindução com pessoas que estavam respondendo muito bem e colocam como se fosse o normal as pessoas apagarem.

A hipnose no mundo real

O mundo real da hipnose é muito diferente do mundo faz de conta do Youtube, onde tudo dá certo e tudo é mágico com a hipnose. Eu falo isso porque talvez eu seja o hipnólogo que mais faz hipnose de rua no país. Pelas minhas contas, só no ano de 2019, foram mais de 2.000 pessoas. Muito, mas muito mais do que alguns professores famosos já hipnotizaram na vida.

Falando em mundo real, experimenta parar um desconhecido na rua e aplicar uma indução de choque. E faz o choque com vontade, pra reação vagal ir de zero a cem! ♥

Você acha que vai funcionar?

Não, né? E por que? Porque como eu falei acima, a indução é só um ritual, onde o principal fator é a expectativa da pessoa. É isso que faz a pessoa apagar.

Aliás, é por esse motivo que eu sou tão contra a hipnose não verbal. Que de “não verbal” não tem nada! Eu falo mais sobre ela lá no meu canal do Youtube. Clique aqui para assistir.

Então da próxima vez que você for fazer uma indução, não esqueça que é um mito achar que precisa causar uma reação vagal na indução de choque. Busque entender o conceito por trás dessa etapa e não achar que tem uma “chavinha” mágica que você pode desligar só com um “durma” ou com um puxão no braço.

Ah, e eu também lancei um e-book chamado Kit de ferramentas do hipnólogo. São mais de 100 dicas e estratégias para que você consiga evoluir como hipnólogo. Todo o conteúdo foi feito a partir da minha experiência e muitas das dicas não são passadas nos cursos de hipnose. Para baixar é só clicar aqui.

Para conhecer mais sobre o meu trabalho, você pode entrar lá no meu Instagram, clicando aqui, ou então no Youtube, clicando aqui.

E o que você pensa sobre isso? Comenta aqui embaixo.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *